27 dezembro 2012

Fanfic: Mermaid no Uta - 2º Capitulo

Yooo =3
Eu estou ainda relendo a fanfic para poder postá-la... Acredito que até semana que vem, eu posto os 6 capitulos que já fiz (foram 6?) Vamos entom?


Novatos
Nayara, enquanto está na sua forma original, pega o fone, coloca de novo, depois tentou ficar sentada, ainda na forma de sereia, mas não consegue, caí de novo e desmaia.
Quando acorda, está na enfermaria. Ela abre lentamente os olhos, vê o por do sol pela janela, se assusta e levanta rápido e fala:
- Onde estou !?
- Na enfermaria da escola... – fala Kei que estava ao seu lado...
- O que aconteceram com os corpos? – perguntou um pouco mais calma
- Eu não sei bem, eles meio que começaram a borbulhar e evaporaram...
- Todo corpo de iagami é assim. Os verdadeiros foram parar no local onde os iagamis pegaram eles...
Nay se descobre e vê que as suas pernas voltaram...
- B-Bem... Quando eu chamei  os enfermeiros, eles não viram as sua cauda..
- Isso é por que os fones servem não só para a minha transformação,  eles também criam uma ilusão enquanto estou na forma de sereia...
- L-legal...
- Bem, eu vou indo ... Antes que os enfermeiros voltem...
Nay  se levanta e caminha até a porta. Quando para na entrada da enfermaria, ela vira um pouco a cabeça e fala com Kei:
- Ah.. Não conte a ninguém nada que você viu naquela luta...
- B-bem...
- O que?
- Existe outras sereias como você aqui?
- Deve existir, mas não nesta região. As única que tem por aqui sem ser eu é a Primula da turma B.
- Aquela estudante famosa?
- Ela mesma, mas agora que você sabe nossos segredo... Ela é a princesa do nosso reino, trate ela como tal então.
Nayara estava quase indo embora, quando Kei toma coragem.
- Posso fazer mais algumas pergunta?
- A vontade...
- Por que vocês estão aqui?
Nayara fica surpresa com a pergunta dele... Ela abaixa a cabeça e fala
- Prim veio procurar uma pessoa, eu só vim protege-la...
- Que bichos eram aqueles??
- Hmmm... Acho que vou ter que te contar muita coisa... – pausa – Pega as suas coisa.. Vem comigo.
Kei fica um pouco menos assustado, pega a sua mochila e segue Nay.
- Aqueles bichos são demônios, ou Iagamis. Eles procuram sereias para faze-las de escravas ou devora-las...
- Por que?
- Iagamis não passam de almas abandonadas... Fazem isso por que se acham superiores... Alguns até podem ser. Aqueles com quem lutei eram fracos até de mais...
- Por que vocês não tentam se entender com eles?
- Eles são criaturas obcecadas. Existem  alguns ninhos onde eles se concentram... Mas é muito perigoso ir lá. Normalmente fica em lugar onde houve muitos suicídios ou mortes.
- Ne... Que pessoa a Prim está procurando?
Nayara começa a ficar com o rosto corado.
- Bem... Não existe “sereios”. Quer dizer, nenhum sexo masculino na nossa espécie. Nós quando completamos 15 anos, vamos para a terra na procura de uma pessoa especial, que combine o DNA com o nosso para agente poder continuar a nossa espécie... Eu tentei fazer isso ano passado. Mas me recusei... Então, minha mãe me mandou para um treinamento para eu trabalhar para Shinigamis...
- Shinigamis!?
- É... eles são responsáveis pelas mortes dos humanos. Se eles não cuidarem, eles são mortos. Quando os Iagamis invadiram os nossos reinos e matou milhares de nós, os Shinigamis nos ajudarem, mas em troca, algumas de nós trabalhos aqui, matando Iagamis para eles.
- E você sabe onde tem algum ninho por aqui?
- Por que precisaria, eu não vou até lá ainda..
- Ainda?
- Sim... Como eu recusei a minha obrigação, no final do ano, eu vou ter que destruir um ninho...
- Mas você pode morrer...
- É o preço a pagar... alias, sou prima da Prim, então, eu até prefiro mesmo proteger ela... E eu sou experiente, me viro bem sozinha...
- Hmmm... – pausa – Você vai aonde?
- Não sei ao certo, vou ver se tem algum Iagami aqui por perto, se não tiver, eu vou para a praia relaxar um pouco..
- Mas as cidades estão cheias, como você vai caçar agora?
- Sempre tem algum em algum lugar...
Eles chegaram na porta da escola.
- Melhor você ficar aqui, não vai ser bom você ir caçar Iagamis comigo...
Ela se vira e começa a andar. Kei olha para baixo e fala:
- M-mas... – começa a chorar – B-em... Por favor, me deixa eu ir com você!!
Nay olha espantada para ele...
- Por que você iria querer se arriscar tanto?
- Por que eu nunca fui bom em nada... Nunca tive coragem de fazer nada parecido... Por favor, me deixe ir com você!
Nay olha para o chão... Depois de um tempo pensando levanta a cabeça com um sorriso irônico.
- Droga... Acho que não tenho outra escolha...
- Sério? Muito obrigada, muito obrigada mesmo!
- Mas logico que não vou te levar direto para um Iagami, vamos treinar! Eu conheço uma estação de trem abandonada. Eu encontrei ontem enquanto patrulhava, parece que lá era usado por sereias, mas elas devem ter morrido a algumas semanas.. Vamos lá para treinar...
- Muito obrigada mesmo!
- Mas não vamos começar hoje... Vai para casa, descansa, pensa se é isso que você quer mesmo. Amanhã as 6h lá... – pausa – Alias.. Onde fica sua casa?
- Fica a 1 quadra daqui.. Por que?
- Ta esperando oque? Vamos para lá..
-O que !?
- Agora que você viu uma sereia, também vai poder ver Iagamis, agora eles vão usa-lo como isca se não tiver uma seria perto te protegendo...
- Hm... Entendi ...
Eles andam até a casa de Kei, mas Nayara vai pensando no que aconteceu quando ela chegou perto de Kei no terraço da escola... Até que chegaram lá...
- Bem.. Você quer comer aqui, deve estar com fome... – pergunta Kei
- Obrigada, estou com um pouco sim, mas e seus pais?
- Eles vivem viajando, eu estou sozinho, minha irmã mora na rua de trás.
- Ah.. Entendi..
Eles entram na casa, deixam os sapatos da porta. Nayara se sentou na sala enquanto Kei foi cozinhar
- Precisa de ajuda, Kei-kun?
- Está tudo bem, você quer sushi?
- Não como peixe
- Foi oque eu pensei..
- Mas você tem alga do sushi?
- Tenho sim, por que?
- Eu sei faze ruma coisa muito gostosa com ela, posso?
- Claro
Nayara se levanta da sala e vai para cozinha
- Tem onigiris aqui?
- Tem, eles estão aqui – da os onigiris para Nay.
Ela pela a alga e começa a enrolar no onigiri. Até que faz isso com uns 3 onigiris. Kei termina de fazer os sushis e os sachimis para ele. Os dois vão para sala, colocam a mesa, se sentam e falam antes de comer
- Itadakimasu~
Depois que eles terminam de comer, lavaram a louça e tiraram a mesa.
- B-bem.. – talvez essa seria primeira vez que ela gaguejou na frente do Kei – Eu posso dormi aqui?
- Por que?
- Bem, nós sereias quando vamos para cá, nós mudamos as memórias dos humanos. Como agente evita de se aproximar muito deles, minha mãe escolheu também um casal que trabalha no exterior, mas eu tenho um irmão muito chato e toda noite ele chega bêbado em casa e também tenho um irmão mais novo, mas o casal deixa ele com madrinha dele, então eu fico sozinha em casa com ele... Eu odeio aquele moleque... Por que posso passar a ficar aqui?
- Meus pais só vem uma vez por mês, durante um final de semana, se durante esse tempo você não ficar aqui, pode...
- Obrigada, eu vou ligar para o meu transporte para avisar que ele não precisa me pegar amanhã.
- Ok, pode usar o telefone.
- Obrigada.
Nayara pega o telefone e vai fazer a ligação. Kei começa a ficar com frio, e percebe que tinha uma brisa gelada vindo de fora, ele vai até a janela e percebe que tinha um corvo nas linhas de eletricidade, logo depois fecha a janela.
O corvo saí de lá e começa a voar sobre a cidade ate que chega em um prédio abandonado e destruído, ele entra lá dentro onde havia vários Iagamis. Ele começa a piar para um deles.
- Interessante – diz oque estava ouvindo.
Esse mesmo vira para traz, onde havia duas sereias presas na parede com algemas, com marcas de chicotes pelo corpo todo.
- Viu meninas, parece que vocês terão uma nova companhia.
A mais velha começa a rir ironicamente
- Conheço essa garota, ela não vai se render tão fácil. Você não vão conseguir derrota-la
O Iagami fica zangado, pega pelo pescoço  dela começando a enforcar.
A mais nova vê a cena e começa a chorar gritando “Onee-chan !!”. Ele solta mais velha e dá um tapa na cara da mais nova e fala:
- Isso é oque veremos..

4 comentários:

  1. Adorei a fanfic, me interessei realmente. Não havia lindo o 1 capítulo, agora já li \o/

    Você escreve muito bem. Ansiosa para o próximo capítulo.

    Já li essa fanfic em algum lugar.. foi no Yume Sekai, ou em outro seu blog? ç-ç

    ResponderExcluir
  2. Haha, foi no Baka Hime-sama ^^
    Eu to repostando ^^

    ResponderExcluir
  3. Amei seu blog muito bonito!
    não conhecia mermaid no Uta, mais é bem legal, vou salvar nos favoritos para ver se leio os capítulos :)

    Adolescente Nerd

    ResponderExcluir
  4. Obrigada *----* É a minha fanfic aqui do blog, ela mudou de nome -qqq'

    ResponderExcluir